Numa conversa com a IGN, Spencer falou sobre falhas no portfólio do Xbox, em que gostaria de adquirir um produtor videojogos japonês, ao qual foi resolvido com a aquisição da Bethesda. Mas com o crescimento da família Xbox Game Studios, Spencer diz que outra oportunidade pode ser o conteúdo familiar.

“Quando olho para o portfólio, ainda acho que há uma oportunidade para nós com conteúdo mais adequado para as famílias”, diz Spencer. Ele acrescenta que equipas com maior diversidade geográfica também são uma prioridade, alimentando ainda mais o desejo de adquirir produtoras japonesas ou mesmo europeus. “Quando penso sobre a diversidade geográfica de nossos estúdios primários, acho que ainda há algum trabalho a fazer.”

O mundo da Xbox

empty alt

Análise - Crisis Core: Final Fantasy VII Reunion

empty alt

Análise - Scorn

empty alt

Os 4 melhores auriculares baratos para Xbox

empty alt

Conta Xbox roubada? 5 dicas para manter a tua conta segura

empty alt

9 novos jogos recebem controlos tácteis na xCloud

empty alt

Comprar a Xbox One X ainda se justifica?

empty alt

Análise: Lego Star Wars - The Skywalker Saga

empty alt

Análise: Assassins Creed Origins (Series S|X)

empty alt

Guia: A melhores baterias para o teu comando Xbox

empty alt

Análise: Guardians of the Galaxy

Back To Top